Franqueadora

Av. Manoel Ribas, 2.611, Mercês - Curitiba - PR               

[41] 3107 1530

Temos unidades franqueadas em todo o país.

September 2, 2019

Please reload

Posts Recentes

Passei no exame da ordem, e agora?

October 16, 2018

Esta pergunta é muito comum quando os advogados, recém aprovados no Exame de Ordem, fazem em seu juramento solene, que não podemos esquecer em toda nossa vida profissional:

 

 

 

“Prometo exercer a advocacia com dignidade e independência, observar a ética, os deveres e prerrogativas profissionais e defender a Constituição, a ordem jurídica do Estado Democrático, os direitos humanos, a justiça social, a boa aplicação das leis, a rápida administração da Justiça e o aperfeiçoamento da cultura e das instituições jurídicas”.

 

Todos passamos por um período árduo de estudos, na Faculdade, com disciplinas difíceis, provas, avaliações e pressões diversas nos 5 (cinco) anos de Faculdade. Mas o que poucos sabem, ou só entendem esse momento quando estão neles, é que: “O 6º ano é sempre o mais difícil”.

 

Digo que é o mais difícil porque esse período é uma fase decisória, onde você vai ter que decidir qual caminho trilhar: seja seguir carreira Acadêmica, estudar para Concursos Públicos, advogar em Escritórios de Advocacia já estabelecidos ou advogar em escritório próprio, de forma autônoma ou com sócios, que geralmente é seu amigo de formatura que você tinha mais afinidade.

 

Daí você há de concordar que, realmente, o 6º ano da Faculdade de Direito é, sem sombra de dúvidas, o mais difícil, pois chegou a hora de você se definir profissionalmente em qual caminho seguir.

 

Por isso a importância neste período, você respirar, deixar a ansiedade e a insegurança de lado e planejar sua vida profissional de forma que você consiga alcançar uma satisfação profissional, ou seja, é de suma importância para o seu sucesso que você escolha um caminho que realmente possua afinidades e que não escolha uma área de atuação exclusivamente levando em conta sua lucratividade ou alta remuneração, pois se vocês, jovens advogados colocarem sempre a “pecúnia” em primeiro lugar, pode ser que vocês, no futuro, sejam profissionais que, financeiramente alcançaram um resultado positivo em alguma fase da sua vida profissional, porém, sem nenhuma satisfação pelo serviço que prestam ou prestaram, e é a partir daí que nasce a “decadência” do profissional, sua extinção como profissional torna-se inevitável.

 

Mas, neste momento, quero falar para você, jovem advogado, que escolheu advogar em escritório próprio, de forma autônoma ou com sócios.

 

É muito importante que nasça, junto com seu 1º Escritório de Advocacia, o espírito empreendedor, ou seja, é muito importante para a construção do seu escritório que seu “nascimento” seja alicerçado num Planejamento Estratégico eficiente, como é necessário para qualquer empresa que venha ser criada.

Contudo, é vital para o sucesso de seu Escritório, a médio e longo prazo, que se observem algumas ferramentas da Gestão Jurídica, dentre tantas, destacarei duas delas:

 

  1. A importância de criar uma Identidade Organizacional:

Para que seu 1º primeiro escritório seja promissor, é importantíssimo que você, antes mesmo de abri-lo, possa fazer uma autoavaliação e definir, estrategicamente, qual será seu “nicho de mercado”.

 

Para auxiliá-lo(a) nesta escolha existe uma Ferramenta muito importante para o Planejamento Estratégico na Advocacia que é a elaboração da Missão, Visão e Valores do seu escritório de advocacia. Pois, eles irão auxiliar a reconhecer você, advogado autônomo, diante do mercado Jurídico, reconhecendo também a sociedade de advogados com uma Identidade Organizacional, ou seja, para onde quero levar meu escritório? Quais são as áreas que me identifico e onde me sentirei realizado profissionalmente?

 

A criação de uma Identidade Organizacional dentro de um Escritório de Advocacia de pequeno porte é crucial, pois você cria um planejamento estratégico para que seu negócio perdure e cresça ao longo dos anos, pois o Escritório que possui uma Missão, Visão e Valores bem definidos e alinhados realmente com seus objetivos, conseguem criar metas para serem alcançadas em Curto, Médio e Longo prazo, tornando-se eficiente, inclusive, na elaboração de estratégias para prospecção de  novos clientes, demonstrando, assim, uma forma mensurável e de fácil visualização de onde seu escritório está e onde gostaria de chegar num lapso temporal previamente estipulado pelo advogado autônomo ou pela sociedade de advogados.

 

     2. A importância de um Controle Financeiro básico:

Para que seu primeiro negócio tenha sucesso é imprescindível que, desde a abertura do seu escritório, você consiga separar: Despesas Pessoais e Despesas do Escritório, pois, caso esse detalhe não seja observado logo no início, após alguns anos da existência do Escritório, sua dificuldade será muito maior em separar a Pessoa Física da Jurídica, ponto bastante delicado para um descontrole financeiro de ordem até pessoal.

 

O Fluxo de Caixa para o escritório de advocacia é muito importante, por menor que seja sua movimentação diária no início de suas atividades, pois com o fluxo diário do caixa você consegue ter as informações reais da saúde financeira do seu escritório, controlando a movimentação financeira de seu escritório (entradas e saídas) por um período determinado.

 

Denomina-se saldo a diferença entre os pagamentos e recebimentos. Se o saldo for positivo, quer dizer que seu escritório obteve lucro naquele período, caso o saldo seja negativo, reproduz que seu escritório teve prejuízo naquele período, e você, como gestor, deve atuar rapidamente com medidas que reduzem seu Custo Fixo, ou alguma medida mais peculiar para que haja uma Redução de Custos para a manutenção de seu escritório.

 

Sendo assim, após estes primeiros ensaios, podemos observar que ainda existem muitos obstáculos a serem superados pelos Jovens Advogados ao abrir seu primeiro escritório, porém, com um bom conhecimento em Gestão Jurídica e um bom Planejamento Estratégico, seu escritório terá todas as oportunidades para se tornar um escritório-modelo e seu sucesso profissional será consequência de sua disciplina e de um bom trabalho desenvolvido.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Please reload

Procurar por tags