05 Erros que os Advogados comentem ao tentar Empreender na Advocacia

Empreender na Advocacia é cada vez mais urgente para quem deseja ascensão no mercado jurídico. Contudo, o caminho do sucesso na advocacia empreendedora depende de desenvolvimento de técnicas e habilidades que promovidas possibilitam o advogado a empreender. 

É imprescindível que o Advogado invista em planejamento, conhecimento em gestão, empreendedorismo, cursos e treinamentos. Listaremos os principais erros que os Advogados cometem no intento para empreender na Advocacia e que não sanados podem destruir o caminho da Advocacia Empreendedora.

[if !supportLists]1. [endif]Não investir em desenvolvimento pessoal

Conhecimento é tudo. O advogado que deseja empreender no Direito, precisa cada vez mais investir em conhecimento em negócios.  É necessário que o advogado conheça além do Direito Material e Direito Processual. 

Busque cursos voltados ao empreendedorismo jurídico, finanças, marketing, gestão, vá além da técnica jurídica e amplie sua visão de mundo, muitas oportunidades nascem de um ambiente diferente daquele que você está inserido.

2. Não agir de forma estratégica.

Resultados são construídos a partir de metas, objetivos, de um plano de ação. Agir sem um planejamento estratégico é o mesmo que querer ter resultados sem saber como atingi-los. 

O foco é elemento crucial para obtenção de resultados na Advocacia empreendedora. Decisões aleatórias sem planejamento é o caminho para o fracasso, sem objetivos não é possível medir e nem melhorar, como buscar melhorias se não se sabe a direção de onde quer chegar? 

Defina seus objetivos, metas e quais os caminhos possíveis para ter sucesso, a direção é mais importante que a velocidade.

3. Ter medo de arriscar na Advocacia Empreendedora

A vida é feita de desafios, e nos negócios também temos que nos desafiar, advogados que arriscam obtêm resultados ousados.  Contudo, os riscos devem ser calculados de acordo com seus objetivos. Assuma controle sobre seu negócio e busque desafiar seus limites. 

Aqueles que não arriscam provavelmente vão obter apenas os resultados que já alcançaram. Advocacia é para quem não tem medo de se lançar a novos desafios e conhecimentos, por isso, é imprescindível que o Advogado empreendedor não tenha medo de ousar e de se submeter a riscos calculados. O sucesso está longe da zona de conforto. Arrisque-se!

4. Ser paralisado pelo Erro

Precisamos compreender que a perfeição nos negócios é uma tremenda armadilha, inevitavelmente, iremos errar quando estamos dispostos a inovar, a nos lançarmos em novos projetos. A jornada empreendedora é o caminho do sucesso, e, os erros devem ser vistos como aprendizados que nos colocam em melhores posições, já que estaremos mais preparados.

Logo, reconheça seus erros, avalie seus resultados e busque a melhoria constante, a cada avanço uma nova conquista. Não tenha medo de errar.

5. Não persistir

O sucesso é feito de escolhas e das decisões que tomamos ao longo do empreendimento. Advogar é plantar e colher, é persistir diante das circunstancias e desafios.

O Advogado Empreendedor conhece que o caminho não é fácil, e, por isso, mantém a disposição e a paixão em alta, porque somente ganha quem persiste.

Busque todas as possibilidades, cresça, invista em seu desempenho e conhecimento, e, não desista nos primeiros erros, o caminho da Advocacia Empreendedora é daqueles que persistem e confiam no trabalho de longo prazo.

Agora que você conhece os principais erros cometidos pelos advogados na tentativa de empreender, busque iniciar de forma certeira, assim, investir em conhecimento e no curso de Empreendedorismo Jurídico é fundamental para um crescimento sólido, a Radar – Gestão para Advogados auxilia nessa construção fundamentando e trazendo a prática ao advogado empreendedor, em breve lançaremos o curso de Empreendedorismo Jurídico.

Saiba mais: https://www.radardagestao.com.br/

#EmpreendedorismoJurídico

Posts Recentes
Procurar por tags

Rua Visconde do Rio Branco, 1358 - 18º andar

(41) 3408-5697