Aumentando a produtividade do corpo jurídico

Você, gestor jurídico, ao olhar para seu corpo jurídico, toda sua equipe, o que enxerga?

Será que os profissionais que atuam com você alcançam 100% de sua produtividade? Você consegue produzir com todo seu potencial?

É muito comum que os profissionais cheguem ao seu local de trabalho imaginando o quanto farão durante o expediente e, ao final dele, concluam que trabalharam muito e não fizeram nem metade daquilo a que tinham se proposto. A falta de tempo também é uma reclamação recorrente dos profissionais que atuam dessa forma desordenada.

Mas porque isso acontece? Falta de planejamento? Falta de preparo dos profissionais? Preguiça? Muito trabalho e poucos profissionais? Falta de treinamento?

Bem, todas essas questões precisam sim ser avaliadas, mas de antemão aponto um vilão que normalmente atua em todos os departamentos jurídicos e escritórios: O RETRABALHO.

E o retrabalho origina-se na falta de planejamento das atividades a serem exercidas pelos profissionais, no medo de falhas e necessidade de proteção contra erros que ocasionem as perdas de prazos, falhas técnicas, entre outras.

Com a estrutura organizada corretamente, fluxos e procedimentos de trabalho bem definidos, é possível acabar com o retrabalho e com as falhas que acabam com o sono de qualquer gestor.

Ao elaborar de forma profissional e bem pensada o fluxo das atividades de seu departamento é possível encontrar os pontos vulneráveis, aplicar formas de prevenção de riscos e checagens que propiciem a atuação pontual dos profissionais nas situações críticas. Além disso, com essa atividade é possível eliminar toda a forma de retrabalho.

Outra coisa: não se confunda retrabalho com checagem.

O retrabalho significa trabalhar novamente – é uma ação de refazer a atividade por absoluta perda de tempo, já a checagem é a conferência de determinada atividade crítica para evitar falhas.

O retrabalho tem o sentido pejorativo de ter duas ou mais pessoas fazendo a mesma coisa, sem existir um sentido naquela repetição, é o simples gasto de energia e tempo que consome os profissionais em um ambiente não organizado.

O retrabalho é o vilão que suga a energia e produtividade dos colaboradores, e pode ser eliminado do dia a dia de seu corpo jurídico com ferramentas simples de gestão jurídica.

Essas ferramentas darão mais sentido às atividades dos colaboradores, mitigarão riscos e possibilitarão a adequação do corpo jurídico ao trabalho existente, trazendo, em última análise, maior produtividade, economia e eliminação de falhas.

Para entender mais sobre ferramentas de gestão jurídica e possibilitar o crescimento sustentável de seu corpo jurídico, consulte-nos no e-mail danielle@radardagestão.com.br ou acesse nosso site www.radardagestao.com.br e acompanhe nosso newsletter.

#Produtividade #ProcessosdeTrabalho #Retrabalho

Posts Recentes
Procurar por tags

Rua Visconde do Rio Branco, 1358 - 18º andar

(41) 3408-5697